Direito Bancário

            O Direito Bancário pode ser descrito como o conjunto de regras e princípios especialmente aplicáveis ao conjunto das atividades bancárias, compreendendo uma série de operações.
            Nosso trabalho objetiva rever e apurar, judicialmente, a correta e justa atualização de valores tomados das instituições financeiras podendo resultar inclusive na devolução de quantias pagas à mais, procurando preservar o patrimônio dos nossos clientes .
            Patrocinamos ações de revisão de contratos e passivos bancários em suas diversas modalidades de empréstimos e financiamentos de bens móveis (veículos e equipamentos) e imóveis, visando a limitação das taxas de juros (juros capitalizados), multas e etc, adequação a legislação vigente e às normas do Banco Central assim como o cancelamento da inscrição nos Órgãos de restrição (SPC, Serasa, Sisbacen, CCF, Cadin) permitindo a sua recuperação financeira.

Se você já passou por alguma das situações descritas abaixo, agende uma consulta que nós vamos lhe ajudar revendo os seus direitos.

  •  Fui cobrado indevidamente pelo meu banco;
  • Não estou conseguindo pagar meu financiamento, quero renegociar minha dívida;
  • Tive meu carro penhorado pelo banco;
  • As taxas do meu financiamento estão irregurales;
  • Sofri uma ação de busca e apreensão pelo meu banco;
  • Cobrança excessiva e injusta do meu cheque especial;
  • Estou sendo cobrado indevidamente;
  • Adquiri um financiamento e estou pagando por dois devido aos Juros abusivos;
  • Adquiri um financiamento e estou sendo cobrado pela Taxa de abertura de crédito (TAC);
  • Adquiri um financiamento e estou sendo cobrado pela Taxa de emissão de carnê (TEC);
  • Recebi um cartão de crédito que não foi solicitado;
  • Tive meu cheque devolvido indevidamente mesmo tendo saldo positivo;
  • Estou sendo cobrado excessivamente por uma divida no banco;
  • Tive meu cartão clonado e tive prejuízo;
  • Fui assaltado na porta do meu banco, aquela famosa “saidinha de banco”;
  • Fui impedido(a) de adentar ao banco e me senti constrangido(a) com a porta giratória;
  • Fui forçado a aderir um seguro para ter acesso ao financiamento;
  • Estou sendo cobrado pela taxa de comissão de permanência
  • Estão me obrigando a uma venda casada onde para ter direito ao benefício preciso contratar algum serviço;

NÃO ENCONTROU SEU PROBLEMA NA LISTA?

Deixe seus dados que entramos em contato com você.

NÓS PODEMOS TE AJUDAR